Carmelo, um cãozinho abandonado, é adotado por monges franciscanos e ganha até hábito

Carmelo é um cachorrinho da raça Schnauzer que após ser abandonado por sua família encontrou um novo lar ao ser adotado por monges franciscanos de um mosteiro da cidade de Cochabamba, na Bolívia. Carmelo se adaptou muito bem à sua nova casa e ganhou o apelido carinhoso de Frei Bigodes após fazer muito sucesso nas redes sociais.

O cachorrinho também foi presenteado pelos monges com uma roupinha apropriada para usar em ocasiões especiais: um hábito franciscano igual ao dos religiosos. Um dos monges, citando uma bela frase, resumiu porque acolheram e adotaram o cachorrinho: “Se existem homens que excluem a qualquer das criaturas de Deus do abrigo da compaixão e da misericórdia, haverá homens que tratam seus irmãos da mesma maneira”.

Carmelo já mora no mosteiro há aproximadamente quatro meses e mudou a rotina tranquila dos monges com sua alegria e energia: o cãozinho tira coisas do lugar, morde tudo e adora levar e esconder objetos no lindo jardim do mosteiro.

Fonte: Extra Globo

Comentários

comentários

Recommended Posts