Dermatologista Veterinário: Tudo que você precisa saber, identificando problemas de pele de cães e gatos

Dermatologista Veterinário: Tudo que você precisa saber, identificando problemas de pele de cães e gatos

A dermatologia veterinária busca estudar, diagnosticar e tratar as doenças da pele, das unhas e dos pelos  em cães e gatos. A manifestação dos mais variados sintomas relacionados a pele e anexos causa sofrimento ao animal, diminuindo dessa forma sua qualidade de vida. Por isso, ao observar coceiras intensas, lambidas intermitentes no corpo e nas patas, dores de ouvido, secreções e descamações na pele de seu bicho de estimação, procure um veterinário dermatologista para diagnosticar, solicitar exames e verificar qual tipo de doença está causando tais sintomas.

Carrapatos, sarnas e bernes são parasitas muito comuns em cães e gatos. E na maior parte dos casos, são os principais responsáveis pelas doenças de pele. Acompanhe a seguir os sintomas, as causas e o tratamento para essas patologias.

carrapato

Carrapatos em cães: Tipos de carrapatos

Carrapatos em cães: Tipos de carrapatos

As doenças dos carrapatos, pequenos aracnídeos parasitas que necessitam de sangue para sobreviver e se reproduzir, podem ser classificadas como:

babesiose

Erliquiose

Doença de Lyme

Febre Maculosa

Paralisia do Carrapato

 

Principais sintomas:

A característica comum entre elas é o desenvolvimento da anemia que pode danificar o fígado, os rins e o baço. As doenças são provocadas por espécies variadas de carrapatos. Há mais de 800 espécies no mundo, que também podem contagiar de formas diferenciadas. Se não tratadas a tempo, podem levar caninos e felinos à morte.

  • Babesiose : Febre acima de 41 graus, urina escura, ranger de dentes ou comportamento trôpego. No tratamento são utilizadas drogas antiprotozoárias;
  • Erliquiose: Febre média de 40,5 graus, perda de apetite, secreção nasal, depressão, vômitos e sinais pulmonares. A opção para tratamento são antibióticos, como tetraciclina;
  • Doença de Lyme: Os animais costumam mancar, ficam desanimados e têm febre alta. Podem apresentar também erupção na pele, em formato de olho de boi, mas o pelo dificulta essa observação. O tratamento é feito com antibióticos;
  • Febre maculosa: Febre alta, rigidez, respiração difícil, vômito, diarreia, edema na pata e no focinho, sangramento nasal, na urina e nas fezes. Para o tratamento são utilizados antibióticos, como doxiciclina;
  • Paralisia do carrapato: Causa paralisia no animal. Após a retirada de todos os carrapatos, os movimentos do pet voltam ao normal em um dia.

sarna coceiras, pelos opacos e pele com aparencia debilitada

  • Sarna: Coceiras, pelos opacos e pele com aparência debilitada

    A sarna ou Escabiose é uma doença de pele causada pelo pequeno ácaro Sarcoptes Scabiei, que entra nas mais profundas camadas da pele causando coceira frequente nos cães. Já nos gatos, a sarna é causada pelo ácaro Notroedis cati. Os sintomas são praticamente os mesmos que nos cães, mas a as lesões aparecem principalmente na cabeça e nas orelhas.

    A sarna nos cães pode ser dividida em demodécica e sarcóptica. Ambas inflamam muito a pele do animal, fazendo-o perder pelos e se coçar muito. No entanto, a demodécica ou “sarna negra” é causada por outro agente e só é transmitida da mãe para o filhote, além de não ter cura, apenas controle.

    Já a sarna sarcóptica é transmitida no contato direto com outros cães e gatos doentes ou por meio de cobertores, roupas e outros materiais contaminados. Para o tratamento são indicados xampus específicos e sprays, além de medicamentos que ajudam a controlar a dor e coceiras nos pets. Importante também lavar e passar as roupas contaminadas, além de esterilizar os objetos utilizados pelos animais.

  • pulga
  • Pulga: coça aqui, coça ali

    As pulguinhas adoram calor e umidade. São nos pelos de nossos pets que elas encontram aconchego para se reproduzir, principalmente nos meses mais quentes do ano. Quando cães e gatos estão infestados por pulgas, podem desenvolver várias patologias, como:

    Dermatite alérgica à picada de pulgas:

  • Causa queda de pelos, feridas, descamação e mau cheiro, podendo evoluir para uma infecção na pele (piodermite). Dependendo da gravidade, o tratamento pode ser feito com antialérgicos, antibióticos ou cicatrizantes;
  • verminoses:

  • A pulga pode transmitir vermes, como o Dipylidium caninum,  causando diarreia com muco e sangue e até ataques convulsivos;
  • Anemia:

  • A pulga se alimenta de sangue, podendo causar anemia nos bichos;
  • Estresse:

  • A infestação de pulgas pode deixar os animais estressados, irritados e até mesmo mais agressivos devido à coceira;Transmissão de vírus: Estudiosos acreditam que as pulgas possam transmitir vírus de um animal para outro, proliferando assim outras doenças.
  • 👉 Leia mais sobre: como acabar com pulgas 

    • berne larva da mosca varejeira
    • Berne: a larva da mosca varejeira

      A Berne é fácil de ser identificada em cães e gatos: Um buraco fica visível na pele em que a larva foi depositada. É possível vê-la respirando dentro da pele. A Berne é mais comum em ambientes agrários, principalmente em gados. Quando ela se movimenta dentro do corpo do hospedeiro causa dor e incômodo, fazendo com que o pet tente arrancá-la. Além disso, a larva consegue aumentar 8 vezes de tamanho em apenas uma semana.

      Para resolver o problema, é necessário que todas as Bernes sejam retiradas inteiras do corpo do animal. Por isso, o ideal é que o veterinário faça esse procedimento, normalmente utilizando sedativos para que o pet não sinta dor no momento da extração da larva.

      Micose tem tratamento adequado

      A Micose, produzida por um fungo, também pode afetar nossos bichos de estimação. Os principais sinais são manchas vermelhas na pele e queda de pelos.

      No início aparece apenas uma lesão pequena. Depois pode se proliferar para todo o corpo e contagiar outros animais. Antes que isso aconteça, procure o veterinário para que ele oriente sobre o tratamento mais adequado.

    • Como prevenir doenças de pele nos animais de estimação?

      Existem várias formas de prevenir cães e gatos de parasitas. O mercado pet oferece várias opções de produto: do mais simples e mais barato aos mais eficientes e mais caros. Veja algumas opções:

      • Use vermifugo com loção no dorso do animal ou comprimidos via oral. Informe-se melhor com seu veterinário sobre a periodicidade, que vai depender do produto a ser aplicado;
      • Adote coleiras especiais;
      • Utilize talco para colocar nos paninhos;
      • Prefira xampu e sabonete especiais;
      • Mantenha seu animalzinho sempre limpo;
      • Mantenha sempre limpo o local em que o pet faz as refeições e onde dorme.

    Se o seu veterinário solicitou uma consulta com um dermatologista veterinário, entre em contato com nossa equipe, e ofereça a ele um tratamento de qualidade! 

    Dermatologista veterinário em SP?

    Ligue e agende uma consulta!

    • Cães e gatos são propensos a pegar pulgas, carrapatos, entre outros parasitas. Por isso, prevenir é a melhor saída. Consulte sempre o veterinário especializado em dermatologia e tire suas dúvidas.

    • Consulte um médico veterinário para receber orientação.

      Observação: as informações exibidas descrevem o que geralmente acontece com uma condição clínica, mas não se aplicam a todos os pets. Essas informações não são uma consulta médica veterinária. Portanto, entre em contato com um veterinário se seu pet apresentar um problema médico. Se você acredita ter uma emergência médica, ligue para seu veterinário.

    IMPORTANTE: As informações contidas neste site têm caráter meramente informativo. Elas não substituem o aconselhamento e acompanhamento do médico veterinário e especialistas. Não deixe de consultar seu veterinário.

    QUER AGENDAR OU PEDIR INFORMAÇÃO SOBRE A CONSULTA COM DERMATOLOGISTA VETERINÁRIO?

    Clique no botão e ligue diretamente através de seu celular

    com retorno em até 1 mês

    Valor: R$ 230,00

    Atendimento todas as quintas-feiras das 9:00h ás 11:00h

    QUER AGENDAR OU PEDIR INFORMAÇÃO SOBRE A CONSULTA COM DERMATOLOGISTA VETERINÁRIO?

    Clique no botão e veja o número de telefone

    com retorno em até 1 mês

    Valor: R$ 230,00

    Atendimento todas as quintas-feiras das 9:00h ás 11:00h

    Comentários

    comentários

    Post recentes