Maltês Doenças: Diagnóstico, Tratamento e Prevenção

Maltês Doenças:  Diagnóstico, Tratamento e  Prevenção

Animado, energético e brincalhão. Esses são alguns dos adjetivos ditos por pessoas que possuem o maltês como um animal de estimação. Embora seja um pet de pequeno porte, engana-se quem acredita que não deve dar a devida atenção à sua saúde.

A medicina veterinária está cada vez mais evoluída, e isso traz uma série de benefícios aos malteses e também cachorros de diferentes raças, pois a prevenção, diagnóstico e tratamento acontecem de maneira muito mais simples e realmente eficazes.

É importante ressaltar que um cachorro precisa ser consultado em um veterinário pelo menos duas vezes por ano, ou seja, uma vez a cada seis meses, e também quando o dono notar que há algo de errado com a saúde de seu pet.

DOENÇAS MAIS COMUNS NO MALTÊS

Dentre as doenças mais comuns que afetam os cães da raça maltês, essas são as que surgem com mais frequência, e consequentemente causam preocupações aos seus proprietários.

Luxação da patela
Persistência do Ducto arenoso
Dermatite Maltês
Problemas oculares
Doença da válvula cardíaca

LUXAÇÃO DA PATELA

A luxação da patela nada mais é do que um problema anatômico onde o ocorre o deslocamento da rótula. É uma doença hereditária também muito chamada de deslocamento do cotovelo ou então do joelho do Maltês.

Diagnóstico e tratamento: luxação da patela

A luxação da patela é facilmente notada, pois o maltês começa a demonstrar sinais de dores e também a mancar da pata que apresenta o problema. O diagnóstico é feito através de exames físicos e também de imagem realizados pelo ortopedista veterinário. Já o tratamento ocorre com a utilização de medicamentos analgésicos, anti-inflamatórios e em casos mais graves é recomendada cirurgia.

Saiba mais sobre luxação de patela em cães

👉

CLIQUE AQUI

PERSISTÊNCIA DO DUCTO ARTERIOSO

A persistência do ducto também é conhecida como PDA. Trata-se de um defeito de nascença congênita próximo ao coração causado por um vaso sanguíneo, que normalmente se fecharia após o nascimento do maltês, porém quando ocorre o PDA o vaso permanece aberto, o que resulta em passagem de volumes adicionais de sangue nos pulmões.

Diagnóstico e tratamento: Persistência do ducto arterioso

O diagnóstico é feito através de exames de imagens como tomografia computadorizada e raio-x. Já o tratamento só ocorre através de cirurgia realizada pelo cardiologista veterinário.

Maltês com alergia na pele

Maltês com alergia na pele

A dermatite nada mais é do que a inflamação da pele que pode ser causada por fungos, bactérias, ácaros, seborreia e principalmente umidade. A maltês é sujeito a esse problema de saúde principalmente pela vasta pelage onde sujeiras e umidades se acumulam com facilidade. Por isso é sempre importante escovar e limpar os pelos desses cães.

Diagnóstico e tratamento: Dermatite Alérgica

A dermatite é algo que pode ser facilmente identificado, através da queda de pelos, vermelhidão na pele, mau cheiro, descamação do local e principalmente coceira do animal. A escovação e a limpeza do animal são as melhores maneiras de prevenir o surgimento desse tipo de problema.

Causas de alergia em maltês

  •  Ingestão de leite, rações (grãos que contém na ração);
  • Picadas de pulga;
  • Atopia canina: alergia de causa não determinada;
  • Plantas/grama;
  • Pílulas hormonais (quando usadas para evitar o cio em cadelas);
  • Detergentes, sabão em pó e produtos de limpeza;
  • Lã, poliéster e outros tecidos;
  • Vermes, carrapatos;
  • Medicamentos.

Sintomas de dermatite alérgica em maltês

  • Coceira intensa;
  • Perda de pelos intensa;
  • Lambedura excessiva no local da alergia;
  • Pele com machucados, crostas e inflamações;
  •  Secreção nos olhos;
  • Ouvido inflamado com frequência.

Já o tratamento se dá principalmente com a utilização de antialérgicos, anti-inflamatórios e antibióticos receitados pelo dermatologista veterinário.

PROBLEMAS OCULARES

Infelizmente os problemas oculares são um tanto quanto comuns no Maltês. Entre os principais estão o glaucoma, a atrofia progressiva da retina e a obstrução dos ductos lacrimais. O glaucoma é uma doença do olho que se desenvolve quando a pressão dentro do olho aumenta, já a atrofia progressiva da retina como o nome já diz é o atrofiamento da retina, ambas as doenças podem levar à cegueira. Já a obstrução de ductos lacrimais causa poucos problemas aos olhos do animal.

Diagnóstico e tratamento: Problemas oculares

Os problemas oculares do maltês podem ser facilmente notados pelo surgimento de secreção, vermelhidão nos olhos, falta de brilho e por trombadas do animal que antes não aconteciam.

O diagnóstico é feito por exame físico realizado por oftalmologista veterinário que indicará a utilização de medicamentos, solução lubrificante ocular e cremes tópicos que restaurem a boa visão do pet.

DOENÇA DA VÁLVULA CARDÍACA

Essa doença se caracteriza pela degeneração e espessamento das válvulas do coração do maltês. É comum surgir em animais que tenham idades avançadas, acima de 7 anos de idade, por exemplo.

Diagnóstico e tratamento: Doença da válvula cardíaca

A doença da válvula cardíaca pode ser facilmente percebida pelo dono do pet, pois de uma hora para outra o animal pode ser tornar cansado, sem alegria, totalmente apático e prostrado.

O diagnóstico ocorre através de da realização de exames de imagens como tomografia computadorizada e o tratamento pode ser feito através de medicamentos ou então de cirurgias. Em ambos os casos, o cardiologista veterinário é quem decide qual procedimento deve ser escolhido visando basicamente o bem-estar e saúde do animal.

PREVENÇÃO DAS DOENÇAS QUE PODEM ACOMETER O MALTÊS

A melhor forma sem dúvida alguma de prevenir doenças que possam alterar a boa saúde do Maltês é através da realização de check-ups preventivos, realizados por médicos veterinários com experiência no ramo.

É importante ressaltar que quando mais cedo uma doença for diagnosticada em qualquer animal, maiores serão as chances de tratamento e reversão do caso. Caso uma doença crônica atinja seu pet, como uma persistência do ducto arterioso, por exemplo, o diagnóstico precoce trará grandes chances do animal recuperar sua saúde e ganhar imensa qualidade de vida.

Dessa forma, atente-se a saúde de seu amigo. Se você é dono de um maltês, leve-o com frequência a o veterinário de sua confiança e fique atento a qualquer tipo de sintoma diferente que for apresentado por ele. Seu companheiro merece amor, carinho e atenção.

Você que acabou de ler esse texto é dono de um maltês? Qual idade dele? Ele já apresentou algumas das doenças que listamos no artigo? Qual foi sua maneira de lidar com o problema?

Conte pra gente suas experiências e condutas tomadas para manter seu amigo alegre, saudável e feliz. Vamos utilizar esse espaço para trocar experiências e trazer mais saúde e alegria para nossos amigos de quatro patas.

Maltês – Raças de Cães | Saiba ainda mais neste Mega Guia

Nesse texto você encontrará as seguintes informações sobre a raça:

Clique no MENU abaixo e vá diretamente no assunto de seu interesse.

Origem Maltês
Cores  Maltês
Altura Maltês
Expectativa de vida Maltês
Maltês personalidade
Maltês cuidados
Maltês doenças
Maltês Luxação da patela
Maltês Hipoglicemia
Maltês Persistência do ducto arenoso
Maltês Problemas oculares
Maltês dermatite
Maltês preços
Local onde o filhote vai ficar na casa
Banheiro do filhote
Enxoval
Maltês alimentação filhote
Visita ao veterinário
Vacinação e vermifugação
Primeiro banho
Primeiro passeio

IMPORTANTE: As informações contidas neste site têm caráter meramente informativo. Elas não substituem o aconselhamento e acompanhamento do médico veterinário e especialistas. Não deixe de consultar seu veterinário.

Related Post

Maltês – Raças de Cães | Saiba ainda mais ne... Maltês - Raças de Cães | Saiba ainda mais neste Mega Guia   Origem Maltês O Maltês também é conhecido como Bichon Maltês. Trata-se de ...

Comentários

comentários

Recommended Posts